O Por Do Sol
Eri Paiva

À tarde, quando o sol se esconde,
Fugindo devagar dos olhos meus,
Em rubra luz, adormece, no horizonte,
E deixa, atrás de si, um triste adeus!

Não é a mesma, a beleza do arrebol,
Nem o céu tem o seu mesmo matiz!
A apoteose daquele nosso sol,
Sem ti, amor, já não me faz feliz!

Aperta-me o coração só em lembrar
Quão lindo era o nosso entardecer!
Enquanto a natureza buscava se aquietar
Fazias meu coração ao teu se render!

Teus braços eram o meu ninho,
A embalar meus sonhos, qual criança.
Sob os últimos raios do sol tanto carinho,
Tanta felicidade, tanta esperança...

A noite desce agora, o silêncio impera...
Lanço ao ocaso um derradeiro olhar!
A cada por do sol, minh'alma te espera...
De lágrimas, meu travesseiro vou molhar!

 

 

Eri Paiva®
todos os direitos reservados
Maio/2016

 

 

Deixe seu recadinho

 

 

 

 

 

 

 

Webmaster e designer Teka Nascimento
Copyriht© Teka Nascimento - 2016
Lençois Paulista-SP- BR
Todos os direitos reservados®