AMOR POR TODA VIDA
Eri Paiva


Jurava eu que seria, para sempre,
O amor que, em nós, surgiu um dia!
Todos, também, acreditavam assim,
Enquanto, de mim, teu amor sumia.


Já não creio em amor por toda vida
Se o nosso, já maduro, virou tição...
Abriste em minh'alma, cruel ferida,
Queimou-me a fogueira da traição.


Arde em minha carne o teu desamor,
Chora o coração a inesquecível dor
De ver nosso amor se diluir em nada!


Amor por toda vida? Não quero crer!
Renascerei das cinzas, tu hás de ver!
Far-me-ei feliz e, outra vez, amada!!!

 

 

 

Eri Paiva®
todos os direitos reservados
Maio/2016

 

 

Deixe seu recadinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Webmaster e designer Teka Nascimento
Copyriht© Teka Nascimento - 2016
Lençois Paulista-SP- BR
Todos os direitos reservados®