À Minha Mãe

(À minha Mãe Enedina de Oliveira Paiva)

Eri Paiva


Eu te escolhi
E tu me acolheste.
Por nove meses,
Em teu ventre,
Morada eu fiz.

Vim à luz
E, sob o mesmo teto,
Nas asas da tua proteção,
Sob os teus cuidados
E carinho materno,
Eu cresci, amadureci.

Alcei voo
Da tua companhia.
Família constitui
E, só então, compreendi,
Em profundidade,
A beleza da maternidade
Quando lindos netos te dei.
Com a mesma tua responsabilidade,
Os filhos criei.

A certa altura,
Então sob os nossos cuidados
De filhos desvelados e tão amados
E, na mesma medida do teu carinho,
Quando o tempo te fez envelhecer
Tuas forças enfraquecer,
Cuidamos de ti,
Até que, lentamente,
Te chega o ocaso, de presente.

E alças voo...
Aqui deixando um velho coração
Que, se muito amou,
Também muito sofreu
E, está aí, o teu mérito,
Junto a Deus.

Saudades, mamãe!
Grande saudade
Que um dia se esvai!
Nosso encontro está marcado
Na eternidade.
Na eternidade!

 

 

Eri Paiva®
todos os direitos reservados
Maio/2016

 

 

Deixe seu recadinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Webmaster e designer Teka Nascimento
Copyriht© Teka Nascimento - 2016
Lençois Paulista-SP- BR
Todos os direitos reservados®