Superando A Dor
Eri Paiva


Há quem viva muita tristeza, sim,
Em razão de tantas perdas sofridas,
Dos maus tratos, golpes e feridas
Que a vida lhe interpôs, enfim.


Sem de fato, atinar qual foi a razão
Entrega-se ao caminho do pranto
E de se lamentar tanto, tanto...
Não consegue vislumbrar a solução.

Supera-se sempre nossa própria dor
Quando a do outro passa-se a enxergar,
Quando ao sair de si vai-se auxiliar,
Pondo à frente da dor, o seu amor...

O amor é o antídoto, o melhor remédio
Que tem a força da cura, da superação!
A dor, aos poucos, se vai... e o coração,
Por alegria e prazer, substitui o tédio.

 

 

Eri Paiva®
todos os direitos reservados
Maio/2016

 

 

Deixe seu recadinho

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Webmaster e designer Teka Nascimento
Copyriht© Teka Nascimento - 2016
Lençois Paulista-SP- BR
Todos os direitos reservados®